quinta-feira, 31 de março de 2016

Livro mágico...


Eu tenho comigo, um livro mágico
 onde eu guardo meus tesouros mais bonitos.
 Tudo aquilo que eu aprendi com a vida
 tudo o que eu ganhei com o tempo
 e que vento nenhum leva.
Guardo as memórias que me trazem riso
 as pessoas que tocaram minha alma
 e que, de alguma forma, me mudaram para melhor.
 Guardo também a infância toda tingida de giz.
 Tinha jeito de arco-íris a minha.

 Caio Fernando Abreu

terça-feira, 29 de março de 2016

Besame Mucho Cesaria Evora


Quero olhar teus olhos, ver teu rosto, sempre que estiver afim.
 Quero beijar a tua boca mesmo que o céu desabe inteiro sobre mim.
 Me abrace forte,
 Como se fosse nossa última vez
Me deixe respirar, o quanto eu puder, ao teu lado.

 Anónimo

sexta-feira, 25 de março de 2016

Para atravessar contigo o deserto do mundo...


Para atravessar contigo o deserto do mundo
 Para enfrentarmos juntos o terror da morte
 Para ver a verdade para perder o medo
 Ao lado dos teus passos caminhei
 Por ti deixei meu reino meu segredo
 Minha rápida noite meu silêncio
 Minha pérola redonda e seu oriente
 Meu espelho minha vida minha imagem
 E abandonei os jardins do paraíso
 Cá fora à luz sem véu do dia duro
 Sem os espelhos vi que estava nua
 E ao descampado se chamava tempo
 Por isso com teus gestos me vestiste
 E aprendi a viver em pleno vento

 Sophia de Mello Breyner Andresen

Westlife - You Raise Me Up


Pai, você diz que me criou para o mundo.
 Mas meu mundo é você...

domingo, 20 de março de 2016

Máscara...

<Porque os outros se mascaram mas tu não
 Porque os outros usam a virtude
Para comprar o que não tem perdão.
Porque os outros têm medo mas tu não.
Porque os outros são os túmulos caiados
Onde germina calada a podridão.
Porque os outros se calam mas tu não.
 Porque os outros se compram e se vendem
E os seus gestos dão sempre dividendo.
Porque os outros são hábeis mas tu não.
 Porque os outros vão à sombra dos abrigos
E tu vais de mãos dadas com os perigos.
 Porque os outros calculam mas tu não.

Sophia de Mello Breyner 

Leonard Cohen - A Thousand Kisses Deep

sexta-feira, 18 de março de 2016

Dança do mistério...


A mais bela coisa que podemos vivenciar é o mistério.
 Ele é fonte de qualquer arte verdadeira e qualquer ciência.
Aquele que desconhece esta emoção, aquele que não
 pára mais para pensar e não se fascina
 está como morto: seus olhos estão fechados.

Albert Einstein

Moreza - Mystic Dancer . . .

Misteriosa e mágica dança...

terça-feira, 15 de março de 2016


Há uma musica do Povo
Nem sei dizer se é um Fado 
Que ouvindo-a há um ritmo novo
No ser que tenho guardado…
 Ouvindo-a sou quem seria
 Se desejar fosse ser…
 É uma simples melodia
Das que se aprendem a viver…
 Mas é tão consoladora
 A vaga e triste canção…
 Que a minha alma já não chora
Nem eu tenho coração…
 Sou uma emoção estrangeira,
Um erro de sonho ido…
Canto de qualquer maneira
 E acabo com um sentido!"

 Fernando Pessoa

Maria Dilar Fado Negro Negro Fado

domingo, 13 de março de 2016

sexta-feira, 11 de março de 2016

Pessoas...


As únicas pessoas que me interessam
 são as loucas, aquelas
que são loucas por viver
 loucas por falar, loucas por serem salvas;
as que desejam tudo ao mesmo tempo.
As que nunca bocejam
 ou dizem algo desinteressante
 mas que queimam e brilham, brilham
 brilham como luminosos
 fogos de artifícios cruzando o céu.

 Jack Kerouac

domingo, 6 de março de 2016

SEM RAZÃO - Maria Dilar

Gosto de tudo o que é forte...


Gosto das bebidas mais fortes
dos amores mais loucos
dos pensamentos mais complexos
e dos sentimentos mais intensos.
Tenho um apetite voraz
e os delírios mais doidos.
Você pode até me empurrar
 do penhasco e eu vou dizer:
 E DAÍ? EU ADORO VOAR!
 Eu não pretendo passar pela vida
 na ponta dos pés,sem fazer barulho.
Se as pessoas que falam mal de mim
soubessem o que eu penso delas,ficariam caladas
Vivo cada dia como se fosse o último
 e faço tudo com a máxima intensidade
 e paixão possível.
Acredito no amor
que completa e não naquele
que procura impor suas vontades.

" Clarice Lispector

quinta-feira, 3 de março de 2016

Vício da tristeza ...


Uma história triste agrada sempre.
 No seu sentido mais profundo
 a vida é bela e alegre.
Todos nós tivemos já
a experiência disso milhares de vezes.
Provas sobre provas
 de que não há primavera sem flores
 nem outono sem frutos.
 Mas, apegados como estamos
 à aparência de tudo
 esquecemos a voz do profundo
 e ouvimos deliciados o som da superfície.
Temos o vício da tristeza.

Miguel Torga

terça-feira, 1 de março de 2016

LADY IN RED - Chris De Burgh


Mulher Branca
 Dos cabelos ruivos
 E do vestido VERMELHO
 Uma bela dama
 Cheia de elegância e mordomia
 Que contagia cada um com a sua Alegria.

Deu-me DEUS bodas vermelhas!


Deu-me Deus bodas vermelhas
 E palavras como abelhas
 Esquecendo-se de mim.
 Deu-me a paz de alguns minutos
 E palavras como frutos
 Esquecendo-se de mim.
 Deu-me as ideias formosas
E palavras como rosas,
 Esquecendo-se de mim.
 Deu-me a voz que persuade
Muito mais do que a verdade
 Esquecendo-se de mim.
 Mas um dia, veio a dor
Veio o castigo sem fim
 Veio esse estranho fulgor
 Apartando o bem do mal
 E vi que Deus afinal
 Já se lembrava de mim...

Pedro Homem de Mello