domingo, 30 de julho de 2017

sexta-feira, 28 de julho de 2017

Ultimo soneto!


Que rosas fugitivas foste ali:
Requeriam-te os tapetes – e vieste...
 Se me dói hoje o bem que me fizeste
 É justo, porque muito te devi.
 Em que seda de afagos me envolvi
 Quando entraste, nas tardes que apareceste
 Como fui de perca quando me deste
Tua boca a beijar, que remordi...
 Pensei que fosse o meu o teu cansaço
 Que seria entre nós um longo abraço
O tédio que, tão esbelta, te curvava...
 E fugiste... Que importa ?
Se deixaste a lembrança violeta que animaste
Onde a minha saudade a cor se trava?...

 Paris - Dezembro 1915
 Mário Sá-Carneiro

quinta-feira, 27 de julho de 2017

Preciso...


'' Sempre precisei de ficar sozinha
 além de reflectir melhor
 me auto aconselhar e consolar-me a mim mesma.
 Isto é preciso, é disto que gosto
 de estar no meu silêncio,
no meu sossego de isolar-me de todos
 onde eu realmente sinta a harmonia a vibração positiva ''.
 Este é meu segredo

 -Luiza_Pereira H.

sábado, 22 de julho de 2017

O amor quando se revela


O amor, quando se revela
 Não se sabe revelar.
Sabe bem olhar p,ra ela,
Mas não lhe sabe falar
.
Quem quer dizer o que sente
Não sabe o que há-de dizer.
Fala: parece que mente...
Cala: parece esquecer...

Ah, mas se ela adivinhasse
 Se pudesse ouvir o olhar
 E se um olhar lhe bastasse
 P'ra saber que a estão a amar!

 Mas quem sente muito, cala
 Quem quer dizer quanto sente
Fica sem alma nem fala
 Fica só, inteiramente!

Mas se isto puder contar-lhe
O que não lhe ouso contar
Já não terei que falar-lhe
Porque lhe estou a falar...

Fernando Pessoa

domingo, 16 de julho de 2017

Paciência...


“Paciência só para o que importa de verdade.
 Paciência para ver a tarde cair.
 Paciência para beber um cálice de vinho.
 Paciência para a música e para os livros.
Paciência para escutar um amigo.
 Paciência para aquilo que vale nossa dedicação.”

 Martha Medeiros

sexta-feira, 14 de julho de 2017

Leonard Cohen - It Seemed the Better Way

Mistério...


No mistério do sem-fim
equilibra-se um planeta.
E no planeta um jardim
e no jardim um canteiro
no canteiro uma violeta
e sobre ela o dia inteiro
entre o planeta e o sem-fim
a asa de uma borboleta...

Cecília Meireles

sexta-feira, 7 de julho de 2017

Lobos...


O Lobo solitário é valente e forte
 mas tem seus medos e angustias
Encurralado fica agressivo, solto
até tenta proximidade dos seus pares
Mas ele até por instinto machuca quem gosta
É instintivo, é de sua natureza vorás...
É belo e admirável, porém intocável
sempre em defesa de seu pequeno território...
Dentro de si a imensidão de sonhos e sentimentos
 todos inconfessáveis e irrevelados.
Do medo de ser aprisionado vem sua força
arredia, do medo da prisão sem muros
 vem seu uivo de dor, força e sentimentos..

Elmar Santos

segunda-feira, 3 de julho de 2017

Seus Olhos...


Seus olhos - que eu sei pintar
O que os meus olhos cegou
 Não tinham luz de brilhar
 Era chama de queimar
 E o fogo que a ateou
Vivaz, eterno, divino
 Como facho do Destino
 Divino, eterno!E suave
 Ao mesmo tempo: mas grave
 E de tão fatal poder,
Que, um só momento que a vi
Queimar toda a alma senti...
Nem ficou mais de meu ser
Senão a cinza em que ardi.


 Almeida Garrett, in 'Folhas Caídas'