sábado, 28 de fevereiro de 2015

Corpo....


Só ele viu meu corpo de verdade,
 Minha alma de verdade, meu prazer de verdade
 Meu choro baixinho em baixo da coberta
 Com medo de não ser bonita e inteligente.
 Só para ele eu me desmontei inteira
 Porque confiei que ele me amaria mesmo
 Eu sendo desfigurada, intensa e verdadeira
 Como um quadro do Picasso.

 Tati Bernardi

2 comentários:

  1. Bom dia Tati,
    Obrigada por me seguir.
    Você escreve lindamente
    Beijos
    Lua Singular

    ResponderEliminar
  2. Ainda bem que gosta! Fico feliz! Obrigada

    ResponderEliminar